fbpx

Seguro auto: Como escolher o melhor em 5 passos?

Seguro auto

Seguro auto: Como escolher o melhor em 5 passos?

O seguro auto é uma obrigatoriedade imposta aos veículos motorizados e respetivos reboques que circulam nas estradas. Assim, deslocar-se sem o mesmo constitui uma contraordenação grave. Implica coimas que podem ir dos 500 aos 2.500€ e à apreensão imediata do veículo. Por isso, é um aspeto que não pode negligenciar.

Encontrar a melhor solução no mercado é uma pretensão de qualquer proprietário. Há que ter em conta, contudo, que existe uma grande variedade de produtos. As opções vão desde o seguro mínimo obrigatório a condições mais alargadas, que se estendem para além dos danos contra terceiros.

Assim, escolher o melhor produto nem sempre é uma missão fácil. Saiba que há variáveis que deve ponderar no momento de o contratar. Vamos, por isso, ajudá-lo a encontrar o seguro automóvel que melhor se adequa a si.

 

5 Passos para encontrar o melhor seguro auto

 

1. Defina que tipo de produto quer contratar

No momento de contratar um seguro auto, deve saber que tipo de coberturas se adequam às suas necessidades. Escolher entre um contra terceiros ou de danos próprios é sempre uma questão a ponderar. Conheça, então, as características de cada um deles.

  • Contra terceiros: É um produto que apenas cobre os danos provocados a terceiros. Legalmente, também deve incluir cobertura aos passageiros do veículo. Há seguradoras que oferecem mais do que uma opção nesta modalidade, incluindo, por exemplo, cobertura à quebra de vidros ou assistência em viagem premium. Este tipo de apólice é mais barato do que os seguros de danos próprios;
  • Danos próprios: São apólices que, para além dos danos a terceiros, cobrem os estragos do próprio veículo. Este tipo de seguro auto tem várias opções disponíveis. Para além das coberturas contra colisão ou capotamento, podem garantir a proteção contra roubo, incêndio, vandalismo e fenómenos da natureza. Há opções que incluem, ademais, serviços de assistência em viagem premium e veículo de substituição em caso de avaria ou acidente. Em contrapartida, os valores são mais altos comparativamente com a modalidade anterior.

 

2. Pesquise as seguradoras e faça simulações

Sabendo o tipo de produto que quer, deve pesquisar, através da internet, as seguradoras disponíveis no mercado e listá-las. Grande parte das companhias de seguros tem formulários de simulação disponíveis online.

Utilize os simuladores para calcular o valor das apólices. Nos mesmos, tem a possibilidade de escolher as coberturas que pretende, bem como de definir o valor das franquias. Tente preencher os formulários com o máximo de informação possível, a fim de que o valor estimado seja real. Depois, guarde as simulações e compare as diferentes propostas.

 

3. Escolha a opção mais vantajosa e contacte a seguradora

Após verificar qual a companhia que lhe oferece o seguro auto mais vantajoso, contacte a seguradora. Nesta fase, é possível negociar um valor ainda mais baixo do que o obtido na simulação. Aproveite para esclarecer todas as dúvidas em relação ao produto que pretende contratar.

O processo para ativar um seguro automóvel é simples. Na maioria das seguradoras, pode fazê-lo à distância (online/via telefone) ou entregando a documentação solicitada num balcão ou mediador. As companhias low cost apostam mais no atendimento à distância e, por isso, conseguem preços mais competitivos.

 

4. Opte pela modalidade de pagamento mais conveniente para si

Quando contrata um seguro automóvel, tem a possibilidade de escolher a modalidade de pagamento. Assim, pode optar pelo pagamento anual, semestral ou mensal. De todas as modalidades, a anual é, geralmente, a que possibilita um valor total mais baixo.

Para além disso, se escolher a opção de débito direto, pode também obter algum tipo de desconto.

 

5. Esteja atento ao mercado das seguradoras

Mesmo com o seguro auto já contratado, não deixe de estar atento às ofertas no mercado. Nesse sentido, vá avaliando a sua satisfação com a seguradora e pondere sempre mudar.

Saiba que pode rescindir o contrato por justa causa, em caso de venda, acidente ou extinção do veículo. Por outro lado, para transferi-lo para outra seguradora, deve esperar até ao fim da anuidade, comunicando a alteração, no mínimo, 30 dias antes do seu vencimento.

 

Mantenha-se bem informado. Consulte sempre as condições do seguro, bem como da apólice. Desse modo, evitará problemas e poupará a sua carteira.

Se quiser saber mais sobre outros assuntos acerca do seu veículo, subscreva o nosso blog!

 


Subscreva o Blog

Aceito a Política de Privacidade*
Dou o consentimento para o tratamento de dados*

A Espogama está comprometida com a implementação do RGPD. Para podermos tratar os seus dados pessoais, necessitamos do seu consentimento. Clique aqui para conhecer a nossa Política de Privacidade.

Partilhe:

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X