fbpx

Oficinas auto: 7 caminhos para aumentar o lucro!

oficinas auto

Oficinas auto: 7 caminhos para aumentar o lucro!

Oficinas auto fazem parte de um sector que está sempre em ação e onde se realizam milhares de reparações e outras tarefas, todos os dias.

À semelhança de outras áreas de negócio, procura o lucro e tem como grande objetivo aumentar vendas. Então como devo organizar a minha oficina de automóveis para otimizar a eficácia, fidelizar clientes e aumentar as receitas?

 

1. Centrar no cliente, diversificar

Já abordámos no nosso blog várias maneiras para colocar as oficinas auto a funcionar bem, como um bom negócio.

Obviamente deve conhecer bem os seus clientes, atendê-los num ambiente de amizade e acompanhá-los.

Neste contexto, contactar o cliente já depois da reparação ou da venda, mostrar atenção e preocupação dá outro “toque” à relação de confiança cliente-empresa. E faz com que a pessoa volte.

Para atrair novos clientes, continue a atender bem as pessoas, faça campanhas apetecíveis, divulgue bem a empresa e apresente serviços diversos.

Esses serviços, além de serem variados, deverão obviamente ter qualidade elevada – e assegurada. Um padrão elevado que, para o cliente, já deve ser considerado normal.

 

2. Qualidade e profissionalismo

Aliás, a qualidade e o profissionalismo têm de ser peças chave se quiser melhorar o rendimento das oficinas auto.

Tenha em atenção a qualidade das peças que tem na oficina auto e, sobretudo, não se descuide em relação à qualificação dos seus funcionários.

O cliente confia num trabalho que é sempre bem realizado, por profissionais que sabem mesmo do assunto. Gosta da ausência de falhas.

 

3. Parcerias eficazes

A pessoa que está interessada em ver o seu carro pronto quer, além de um bom trabalho, um trabalho rápido.

Quanto mais rápida e eficaz for a sua oficina auto, quanto maior for a sua produtividade, mais lucro entra.

Para isso, além da qualificação e do profissionalismo do material e dos funcionários, tente realizar parcerias úteis.

Os seus colaboradores devem ser de confiança, de preferência já conhecidos no mercado e cumprir prazos nas entregas e nas reparações, deve ser um requisito.

 

4. Uma primeira impressão limpa

Eu, que sou cliente, espreito uma oficina para averiguar se vou deixar lá o meu carro. Qual é a primeira imagem que quero ver? Uma confusão e (quase) uma imundice ou um cenário limpo e agradável?

Sim, a segunda hipótese. O proprietário da empresa deverá insistir na organização e na limpeza do espaço, dentro do possível. Ter um espaço próprio para receber os clientes não será má ideia.

Aposte também no vestuário dos trabalhadores, num design distinto e numa estrutura diferenciada da sua oficina auto.

Ver uma oficina limpa, agradável e diferente atrai o potencial cliente. A primeira impressão, muitas vezes, é crucial.

Melhor aspeto, mais clientes, maior lucro.

 

5. Trabalhar nos bastidores

O resultado visível da sua oficina auto é a venda ou a reparação de um veículo. Mas há muito trabalho a ter em conta nos bastidores.

Não se desleixe na secretária: tenha cuidado com todo o processo da empresa, os seus gastos, os seus preços, os prazos, a pontualidade dos seus funcionários, a reposição dos produtos, o historial dos clientes habituais, fale frequentemente com os fornecedores.

E tenha objetivos, marque reuniões, incentive a partilha de ideias ou melhorias. Coloque a sua oficina auto a funcionar como uma empresa “a sério”.

Uma boa gestão desses bastidores, das suas finanças, vai traduzir-se em receitas superiores.

 

6. Tecnologia dentro da oficina auto

Não fique preso ao material do século passado. Se há uma ferramenta moderna e eficiente que substitui aquela chave do seu avô, substitua.

Compre ferramentas e máquinas atualizadas, mais rápidas, que rendem mais.

Há cada vez mais e melhor tecnologia a ser produzida para este ramo. Não a desperdice, rentabilize.

Esteja atento aos sistemas de gestão de oficinas auto. Alguns até são gratuitos, na internet.

Atualize, renove.

 

7. Tecnologia fora da oficina auto

Depois há que pensar na parte da divulgação. A maioria das pessoas procura informação onde? Sim, na internet.

Assim, crie ou melhore o site da sua oficina auto. Tenha um site completo. Coloque lá todas as informações necessárias, os contactos, um mapa, as promoções. Ofereça também algumas dicas sobre os cuidados a ter com os carros.

Os potenciais clientes gostam e agradecem. E ficam interessados, a piscar o olho.

Invista também tempo e, se pretender, dinheiro na divulgação do seu negócio nas redes sociais.

Crie uma marca que as pessoas já conheçam só de ouvir o nome ou de ver um logótipo original, com a qual os clientes se identifiquem.

Seja original no aspeto e no visual da sua oficina auto. E espalhe.

Gostou destas dicas? Subscreva o nosso blog. Iremos abordar este e outros assuntos relacionados com automóveis, oficinas e mecânica.

 


Subscreva o Blog

Aceito a Política de Privacidade*
Dou o consentimento para o tratamento de dados*

A Espogama está comprometida com a implementação do RGPD. Para podermos tratar os seus dados pessoais, necessitamos do seu consentimento. Clique aqui para conhecer a nossa Política de Privacidade.

Partilhe:

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X